segunda-feira , 20 novembro 2017

Devemos seguir o que diz o coração?

Uma das respostas que mais tenho ouvido quando estou evangelizando alguém é aquela que a pessoa depois te me ouvir uma ou duas horas me diz: “Eu vou seguir o que o meu coração mandar”.

Creio que todos que evangelizam ouvem esta frase de vez em quando.

Você convida a pessoa para visitar a congregação, oferece uma oração a seu favor, fala de Jesus e da salvação e no final a pessoa fica indecisa e diz que vai fazer aquilo que o seu coração mandar pensando que este é o caminho correto de tomar as decisões certas.

Ninguém vai conhecer a Jesus de verdade se esperar que o seu coração a leve a Cristo. Jeremias, o profeta, escreveu o seguinte:

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações” – Jr 17.9,10.

O coração não transformado é de natureza enganosa e traiçoeira, sempre leva a pessoa aos prazeres carnais. Por esta razão somos orientados a guardar o coração:

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida” Provérbios 4.23.

Salomão aconselha que se deve guardar bem o coração, mas guardar de que e de quem? – De nós mesmos.
E por que guardar?
Porque ele é enganoso e traiçoeiro. Uma pessoa que não conhece a Cristo e não tem nenhuma experiência com o Senhor dos senhores, que vive no pecado e não teme a Deus não pode esperar que o seu coração o leve a tomar uma decisão de seguir a Cristo.

Mesmo aqueles que tem uma vida consagrada ao Senhor e buscam a santificação diária sabem que não é fácil dizer NÃO ao pecado, e mesmo com toda vigilância e perseverança em oração pecamos em muitas coisas, e a Palavra de Deus nos assegura que o nosso Advogado nos purifica quando arrependidos o buscamos de coração.

“Filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo” 1ª João 2.1.

Todo pecado começa no coração. Dali saem as diretrizes, os comandos que fazem com que o homem cometa atos que o levam a transgredir os preceitos divinos.
Não é sem propósito que o Senhor nos pede que o entreguemos o nosso coração:

” Filho meu, dá-me o teu coração” Provérbios 23.26.

A melhor e mais segura maneira de proteger o coração é entregando-o ao Senhor que faz nele a habitação do Espírito Santo.

Amados irmãos em Cristo, não há trabalho mais nobre e mais precioso na Obra do Senhor que o ato de evangelizar os perdidos. Uma alma tem um preço muito elevado para Deus, portanto quando estiver anunciando Cristo a uma pessoa não se contente com a desculpa de que ela irá seguir o que mandar o seu coração; Ore e peça ao Espírito Santo que fale e convença aquele coração, pois sem a intervenção do Espírito Santo nenhuma alma se renderá ao Cordeiro de Deus.

Deus me deu esta palavra quando eu estava meditando neste versículo:
“Há caminho que parece reto ao homem, mas no final conduz à morte. (Provérbios 16:25)”

Nos Laços do Calvário,
Pr. Valtair Freitas

[wp_ad_camp_1]




Uma das respostas que mais tenho ouvido quando estou evangelizando alguém é aquela que a pessoa depois te me ouvir uma ou duas horas me diz: "Eu vou seguir o que o meu coração mandar". Creio que todos que evangelizam ouvem esta frase de vez em quando. Você convida a pessoa para visitar a congregação, oferece uma oração a seu favor, fala de Jesus e da salvação e no final a pessoa fica indecisa e diz que vai fazer aquilo que o seu coração mandar pensando que este é o caminho correto de tomar as decisões certas. Ninguém vai conhecer…

Review Overview

User Rating: 4.9 ( 1 votes)
0

Sobre Pr. Valtair Freitas

Valtair Freitas é ministro do Evangelho, pastor da Assembléia de Deus em Boston onde reside desde 1997. É bachaerel em Teologia e Conferencista .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

BIGTheme.net • Free Website Templates - Downlaod Full Themes