sexta-feira , 22 setembro 2017

Eu sou de Paulo; Eu de Apolo; Eu sou de Cefas;  Eu de Cristo – Cada um é de alguém e no final ninguém é de ninguém.

A igreja de Corinto estava passando por uma crise espiritual e os crentes daquela igreja estavam muito divididos e já não havia acordo entre eles. Uns diziam que eram de Apolo, outros de Paulo, alguns de Cefas e um outro grupo que dizia que não era de nenhum deles e sim de Cristo apenas.

Paulo sentiu um desconforto com aquela situação e repreendeu todos eles chamando-os de carnais – 1Co 3.3.

Se observarmos o contexto atual da igreja veremos que os cristãos de hoje vivem na mesma crise espiritual que os crentes de Corinto, haja visto a imensidão de ministérios espalhados mundo afora.

Há muito tempo atrás, mas muito tempo mesmo, um cristão se identificava apenas como cristão. Hoje se identifica como cristão da igreja tal e ministério do Pr. Fulano. Tem que ter o Pr. Fulano senão não serve como referência.

Muita coisa está errada nisso e eu nem vou perder tempo pra falar dessas coisas erradas. Quero falar de uma coisa que é muito pior.

Se eu fizesse uma pergunta sobre quem estava errado e quem estava certo em Corinto, garanto que a maioria iria responder que errados eram os que se diziam de Apolo, Paulo ou Cefas, e me diriam que apenas os que se diziam de Cristo eram os certos.

Pois bem, deixa-me te esclarecer que naquela igreja todos estavam errados e o grupo que se dizia ser de Cristo, permita-me discordar de você, era o pior deles.

Hoje é muito comum dizer e ouvir alguém dizer que é de Cristo apenas e que não está nem ai para os “homens”. Eu acredito que a grande maioria dos que se auto declaram assim são pessoas que não dizem por mal mas por ignorância, achando que estão corretos.

Quando um crente de Corinto dizia que era de Cristo e não de Apolo ou Paulo ou qualquer outro apóstolo, ele estava na verdade revelando uma rebeldia contra os homens que Deus havia determinado como pastores do rebanho.

Se é errado criar divisões na igreja defendendo este ou aquele líder, pior ainda é se isolar dos demais e dizer que agora só faz o que Cristo mandar. Isto é rebelar-se contra a liderança da Igreja.

Se Deus colocou um pastor na liderança da igreja que você frequenta, você não pode simplesmente rebelar-se contra ele porque isto também é pecado. – “Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia”, 1Jo 3.4.

É certo que existem muitos falsos pastores que vivem no pecado e exploram as ovelhas, mas eu não sou obrigado estar do lado desses falsos pastores.

Quando um obreiro é passivo de repreensão ele deve ser confrontado sim, eu dou todo apoio ao crente que confronta falsos lideres na igreja, veja o exemplo de Paulo quando viu que Pedro estava fugindo da visão ele teve uma discussão séria com Pedro e depois chegaram a um acordo.

– “Quando, porém, Pedro veio a Antioquia, resisti-lhe na cara, porque era repreensível”, Gálatas 2.11.

Não há erro nenhum confrontar um obreiro, se este for passivo de repreensão, pois a Bíblia diz que o obreiro deve ser irrepreensível,

– ” Pois é necessário que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro de Deus”, Tito 1.7.
Mas uma vez que foi feito o confronto e a coisa continuou do mesmo jeito então você deve afastar-se da imundícia e procurar servir a Jesus entre pessoas responsáveis e tementes a Deus.

Se você diz que é de Cristo porque foi Cristo quem pagou o preço pela tua salvação, tudo bem, não tem nada de errado nisso, mas se essa declaração for apenas uma demonstração de rebeldia e insubordinação à liderança da igreja, olha, meu conselho pra você é que procure imediatamente um conserto porque Deus não tem nenhum prazer em crente rebelde.

Nos Laços do Calvário,

Pr. Valtair Freitas




A igreja de Corinto estava passando por uma crise espiritual e os crentes daquela igreja estavam muito divididos e já não havia acordo entre eles. Uns diziam que eram de Apolo, outros de Paulo, alguns de Cefas e um outro grupo que dizia que não era de nenhum deles e sim de Cristo apenas. Paulo sentiu um desconforto com aquela situação e repreendeu todos eles chamando-os de carnais - 1Co 3.3. Se observarmos o contexto atual da igreja veremos que os cristãos de hoje vivem na mesma crise espiritual que os crentes de Corinto, haja visto a imensidão de ministérios…

Review Overview

User Rating: Be the first one !
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

BIGTheme.net • Free Website Templates - Downlaod Full Themes